A palha da costa

A palha da costa é uma fibra de ráfia muito usada nos cultos de Orixá, indispensável em diversas obrigações. Conhecida como Ìkò é extraída da palmeira e nome em Yorubá Igí-Ògòrò.

Dentro do candomblé é muito vista nos cultos de Omolú e Obaluwayè sendo usada para confecção da roupa destas divindades, que se caracterizam por vestir seus corpos como esse tipo de palha, da cabeça aos pés.

Outro momento em que esta fibra é utilizada é n confecção de Umbigueiras, Mókàn e contra-Egúns, usados para afastar espíritos que possam atrasar os adeptos da religião, não comprometendo o período de obrigação destes filhos de axé.

A representação é simples, acredita-se que esta palha represente a vida e a morte como um ciclo de vida, representa a imortalidade da alma e a eternidade da vida espiritual.