Significado do CEMITÉRIO nas religiões Africanas!!

O cemitério é associado naturalmente a um lugar onde se concentra energias negativas e Quem o procura, procura com finalidades “negras”… Tudo balela, conversa pra boi dormir.
De fato o Cemitério concentra uma gama de energias e dentre elas pessoas sem caminhos, ligada ao corpo e não abandonam a matéria (corpo físico), que se perderam… enfim, mas lá também se concentra energias prontas a ajudar os que estão perdidos…
No Cemitério é onde o ser humano faz o inverso a criação, VIEMOS DA TERRA E PRA ELA VOLTAMOS, Uma filosofia simples de se entender, viemos da terra (homem feito do barro e sopro de Olorún), e pra terra voltaremos (cemitério). Divindades como Omolú, Ewá, Oyá e Onilé nos ajudam a entender melhor essa filosofia, eles não são Orixás ligados ao lado negro da vida como já presenciei em diversas literaturas, apenas cuidam daqueles que já foram ao encontro de Olorún (Deus). Oyá conduz os espíritos e Ewá faz a passagem. Enquanto Omolú cuida do equilíbrio junto a Igbalé e Onilé cuida de devolver o ser humano a terra de Origem.
Quando ouvirmos falar em cemitério, não devemos em hipótese alguma, imaginar um lugar demoníaco e macabro, Pois a sua função é terminar o processo da vida. Ikú (morte) cumpriu sua missão à mando de Deus e a vida continua, num outro plano, junto a Deus.
Oxalá, Yemanjá, Osún, Orí, Orunmilá… fazem parte do seu nascimento, justo que outras divindades façam parte da sua partida, afinal os Orixás estão com você desde seu primeiro respirar e estarão nesse mundo com você até seu Ultimo suspiro.