Antes de falarmos sobre o culto de Ifá é necessário sabermos quem é Ifá ou Orunmilá, Orunmilá ou Ifá é a divindade Funfun que está associada à adivinhação através dos misterios de Deus (Olorún) por mio de tres jogos advinhatórios: Merindilogun, Ikins e Opelé.

Neste Blog temos uma postagem dedicada a Orunmilá-Ifá, vale a pena ler.

Culto de Ifá

O Culto de Ifá é oriundo das Religiões tradicionais africanas, ligado ao Orixá Orunmilá-Ifá da religião yoruba.

O culto de Ifá é um sistema divinatório, empregado na África e nos países para onde foi disseminado para decisões de cunho religioso ou social. Utiliza três técnicas diferentes (Opelê, Ikins e Merindilogun), que têm em comum os Odú-Ifá, os signos.

As mulheres também podem ser iniciadas no culto, quando passam a ser chamadas apetebis (esposas de Orunmilá), mas os sacerdotes – babalawôs – sempre são homens heterossexuais, sendo vedado às apetebis jogar Opelê ou Ikins. O Merindilogun é o jogo dos OBAORIATES sendo permitido as mulheres a usarem o EKURÓ. As pessoas ebomis que não são iniciadas em Ifá usam o OBANIKA.

O Culto de Ifá tem um rígido e complexo sistema de conduta moral relativo a seus adeptos, expresso no Odu Ikafun, onde surgem os dezesseis mandamentos de Ifá.

Os adivinhos desse culto são chamados de Babalawos e/ou Babalorixás/ Yalorixás, e requer uma iniciação particular, separada do culto de Orixás convencionais, pois requer um longo aprendizado especifico deste culto.

Ifá, é o nome de um oráculo africano. É um sistema de adivinhação que se originou na África Ocidental entre os yorubas, na Nigéria. É também designado por Fa entre os Fon e Afa entre os Ewe. Não é propriamente uma divindade (Orixá), é o porta-voz de Orunmilá e dos outros orixás.