O Igbá de Oya é bem particular pois se divide em Oya e Oya Igbalé.

O Assentemento de Oya é contruido de Porcelana, louça ou barro, mas sempre ornamentado de vermelho ou marrom.

Dentro da terrina são colocados Nove ou dezesseis Búzios, Nove ou Sete pequena bolas de ouro e cobre, Obís, moedas de cobre e ouro e o Otá.

Tudo isso conservado com mel de abelha, azeite doce e azeite de dendê.

A Terrina é colocada numa bacia do material do assentamento, sobre um prato de apoio e mais oito devidamente equilibrados, ornados com dois Erukeres, dois Ogues e nove Idés de cobre ou de ouro (dependendo da situação financeira do iniciado).

Tudo colocado sobre uma talha de barro ou porcelana cheia de água de chuva ou de rio.

Igbá de Oya Igbalé

Dentro da terrina brnaca ou branca e prata é colocado, nove ou onze búzios, nove ou onze bolas de prata ou ouro branco, Obís, Moeda de prata e Ouro Branco e o Otá, tudo isso conservado com Mel, azeite doce, mateiga de karite e/ou limo da costa.

A terrina é colocada numa bacia de Igbá sobre dois pratos de apoio e mais oito devidamente equilibrados,Ornamentado com Dois Erukeres, Dois Ogues e Onze Idés de prata ou ouro branco, nove Ichãs e uma grande cabaça (Que será usado nos Rituais de Axexe).

Tudo colocado sobre uma cabaça de barro ou porcelana e cheia de terra ou areia, simbolizando sua ligação com Mensan Orún e os Ancestrais (Eguns).