As Quartinhas de santo, são jarrinho nos quais preenchemos de água e oferecemos ao orixá. A Água é a fonte da vida e por isso impressindível.

Dentro da quartinha do orixá terá o Otà (Pedra), Omin (Àgua) e talvez haja um Obì (Fruto Sagrado).

O Dono da quartinha trocar a água da quartinha (Tirar a água velha e por uma nova) e depois acender uma velha, fazendo pedidos e agradecendo ao orixá. Tudo isso simboliza uma renovação do axé e da vida, já que a vida (Água) foi renovada.

A Quartinha parece ter vida, pois ela transpira por meio do material de que foi feito. Devemos ter muito respeito por ela, pois ela é uma união de energias, todas essas entre você e seu orixá.

A Quartinha fica ao lado do assentamento do mesmo Orixá, fazendo assim uma maior conscentração de energia.

As quartinhas de barro podem ser oferecidas aos orixás homens, com exceção à Oxaguian e Oxalufan (Orixás FunFun) que recebem quartinhas de louça branca.

As Yabás (Orixás mulheres) Recebem geralmente quartinhas de louça florida e enfeitada de suas respectivas cores; Iansã em muitas casas recebe quartinha de Barro.

As Quartinhas com Asa é entregue às orixás mulheres e sem Asa para os Orixás Homens.

Antigamente na áfrica todas as quartinhas eram de barro, mas com a vinda dos negros para o Brasil, as escravas se encantaram pelas porcelanas portuguesas das senhoras, e assim passaram a enfeitar mais esses pequenos jarrinhos.