A Cuminheira é muito importante no candomblé, ela carrega consigo um grande axé. quando um zelador/zeladora vai abrir uma casa de santo (Ilê), é feito varios assentamentos e fundamentos, um desses é a cuminheira.

É feita uma consulta aos búzios, para dizer qual orixá estará representado na cuminheira, lembrando que ela não é feita para o orixá da casa, sempre para um outro orixá.

O jogo de búzios também dirá todo ritual da preparação, pois esse orixá alí “Assentado” dará sustentação ao axé da casa.

Na cuminheira se esconde os mistérios dessa casa, alí estão colocados objetos especiais para a casa e o zelador. ela será o sustento da casa com o passar do tempo.

Não se deve revelar o orixá que está naquela cuminheira, muito menos a qualidade, apenas quem cuida dela saberá. sabendo o orixá da cuminheira, a casa pode estar nas mãos dos inimigos.

É comum que quando se mexa na cuminheira, os filhos ainda com menos de sete anos virem no seu orixá, ou, qualquer que seja o orixá que vire nessa casa, salve essa cumunheira.

É debaixo dela que nascem os filhos dos orixás e que são feitos as maiores obrigações.

Algumas casas enfeitam a cuminheira de acordo com o orixá ali colocado, mas isso facilita que se identifique o orixá, aos olhos de um não leigo na religião.

Não se deve mexer na cuminheira de “Corpo Sujo”, pois é alí que esta um orixá e a vida dos filhos de santo.